About Me

Minha foto
Vanessa Cardoso
Hi people, me chamo Vanessa Cardoso, sou de Belém do Pará e tenho 18 anos. Já acabei o ensino médio e batalho em busca de uma universidade, pelo curso de medicina. Criei esse blog com o intuito literário, mas como sei que não vou me controlar, também posso escrever sobre moda, culinária, cultura oriental (kpop, jpop, animes, doramas e etc.), boas séries e música. Espero que vocês curtam e se divirtam aqui!
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Vanessa Cardoso. Tecnologia do Blogger.
RSS

Resenha: Cinquenta tons de cinza | E. L James

Autora: E. L James
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 451
Classificação:    

Sinopse:

Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta e ao espírito independente de Ana, ele admite que também a deseja — mas em seus próprios termos.
Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso — os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família —, Christian é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.
— Eu preciva de um tempo para pensar — digo. Estou paralisada, entregue, perigosamente atraida por ele... e ele sabe exatamente o que está fazendo comigo. — Pensar em quê, Anastasia? — Em você.

Em primeiro lugar quero dizer que estou completamente, enlouquecidamente e irrevogavelmente apaixonada por esse livro, e não digo que é somente por ser erótico, e sim pelos personagens que prendem sua atenção até o fim. Fiquei quase um mês esperando esse livro, li em uns sites vários comentários dizendo que era um Crepúsculo versão para mães e não posso discorda totalmente, pois as personalidades deles são bem parecidas com as dos personagens principais da saga. Anastasia é uma personagem cativante, amante da leitura e toda desengonçada (em que no geral eu me identifico bastante), enquanto Christian é sexy, milionário e com uma auto estima que parece inabalável, porém esconde alguns segredos marcantes. A história começa quando Anastasia tem que fazer uma entrevista com um milionário que investe na universidade que estuda, pois sua melhor amiga Kate, fica doente. Depois de conhecer o Sr. Gray, ela fica curiosa e perturbada com a influencia física que ele exerce sobre ela. 
A capa do livro também diz muita coisa, e quando vocês lerem o livro vão achar cômico como eu - ou não - e não deixa de se bem simples, sem muitos detalhes. A tradução é excelente e o conteúdo com toda certeza é recomendado para maiores de 18 anos, com sexo bem detalhado.
E para quem não sabe, a trama começou a ser escrita pois a autora se inspirou em uma de suas fanfics de twilight. Sinceramente, esse livro mexeu com meus hormônios e suspiros, uma trilogia que com certeza você e nem ninguém irá perder. 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

About: Lana Del Rey



Quem nunca ouviu falar na nova diva da música Lana Del Rey?! Uma cantora com a voz marcante e estilo incrível que eu particularmente amo. 

BIOGRAFIA:
Elizabeth Grant, mas conhecida pelo seu nome artistico Lana Del Rey, que foi inspirado nas atrizes Lana Turnner e Ford Del Rey, nasceu no dia 21 de junho de 1986, filha do milionário Robert Grant, foi criada no vilarejo de Lake Placide, Nova Iorque. Se mudou para Londres em 2010, tentando se tornar uma nova pessoa, como a mesma dizia e tendo nesse momento várias reuniões com gravadoras que às recusaram. Lançou seu primeiro EP em 2009 chamado "Kill Kill" ainda com o nome de Lizzy Grant.  

ESTILO:
Com um look invejável, meio anos 60, ela vem fazendo a cabeça da mulherada com seu toque retrô. Lana esbanja uma sensualidade clássica sem ser vulgar abusando deliniador, sombra marrom e batoms nude e vermelho. Sem falar no cabelo, que tem ondas milimetricamentes calculadas. E quem vê seus lábios carnudos, jura que foi feito em fábrica, mas a diva afirma ter nascido assim. 

BORN TO DIE: 
O álbum de estreia da cantora e compositora foi lançado no dia 27 de janeiro de 2012 pela Interscope Records e pela Stranger Record. Após assinar o contrato, Lana lançou seu primeiro single "Video Games", que popularizou a cantora na internet e ela já começou a dar entrevistas a vários jornais, revistas online e aparecer em programas de tv. O cd contem 12 faixas e foi clássificado antes da estreia como pop índie, apesar da cantora afirmar ser pop rock.

VIDEOGRAFIA:
A cantora até o momento tem nove vídeos lançados na internet. Você pode estar se perguntando, porque uma cantora tem mais de um vídeo numa música, querendo inovar ainda mais ela fez vários recortes de seus filmes preferidos antes mesmo de gravar videos que seriam "oficiais".

Bom gente, espero que vocês tenham gostado desse pequeno resumo da minha diva preferida, se cuidem e até a próxima!


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Resenha: Lonely Hearts Club | Elizabeth Eulberg


Autora: Elizabeth Eulberg
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 238
Classificação:   

Sinopse:

Em seu romance de estreia, Elizabeth Eulberg, musicista na adolescência e beatlemaníaca de carteirinha, cria o Lonely Hearts Club, que se transforma no refúgio ideal para garotas que só precisam de uma coisa para recompor seus corações partidos: a companhia das amigas.
Em Lonely Hearts Club, após mais uma decepção amorosa, Penny Lane Bloom cansou de tentar, cansou de ser magoada e decidiu: homens são o inimigo e ela não irá mais namorar enquanto estiver na escola. Ao ver que, definitivamente, não é a única a sofrer nas mãos dos garotos nem a única aluna farta de ver as amigas mudarem completamente (quase sempre, para pior) só para agradar aos namorados, Penny decide criar o Lonely Hearts Club, o lugar certo para uma mulher que não precisa de namorados idiotas para ser feliz.
O clube, é lógico, vira o centro das atenções na escola McKinley e Penny é idolatrada por dezenas de meninas que não querem enxergar um namorado nem a quilômetros de distância. Jamais. Seja quem for. Mas será, realmente, que nenhum carinha vale a pena?
Quando pensava no verão, pensava em Nate. Quando pensava em amor, pensava em Nate. Quando pensava em qualquer coisa, pensava em Nate.
Eu sabia que naquele verão ia acontecer. Nate e eu ficaríamos juntos.
Quando vi pela primeira vez a capa de Loneny Hearts Club me apaixonei completamente e não é só por faz analogia com a famosa foto do Beatles e a um nome de cd e sim pelo que estava escrito – Porque ninguém precisa de namorado para ser feliz – não é preciso passar pelo o que a protagonista desse livro, pra entender o que essa frase significa (infelizmente, também já passei por isso, mas não vem ao caso).
Com uma narrativa fácil e bem acessível de ler – parece que o tempo não passa- a autora fala de um drama que a maioria das garotas no mundo já viveu, ter o seu coração partido, além de transmitir uma mensagem linda sobre amizade, que não é porque arrumamos um namorado, que deveremos mudar ou esquecer as pessoas que sempre estão ao nosso lado, nos momentos de alegrias e tristezas, as amigas.
O livro é divertido, com várias passagens de músicas de Beatles, é claro, e situações bem complicadas e humoradas. Amei ler o livro e recomendo para qualquer um que tenha um tempo sobrando e queira se deliciar lendo está obra.

  

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Resenha: Beijos de Vampiro | Ellen Schreiber



Autora: Ellen Schreiber
Editora: iD
Número de páginas: 293
Classificação:   


NOVOS moradores sempre causam impacto quando chegam a uma cidade pequena. Ainda mais se vão morar em uma velha mansão abandonada, que todos juram ser mal-assombrada.
QUEM são, ou melhor, o que são eles? Poderiam ser vampiros?
RAVEN, uma garota gótica de 16 anos, louca pelas criaturas das trevas, gostaria muito que isso fosse verdade. O que poderia acontecer caso o lindíssimo filho dos forasteiros a beijasse?

Os eventos mais excitantes que já ocorreram em Tediolândia, em ordem cronológica: 1) O trem das 3h10 saiu dos trilhos, derrubando caixas de balas carameladas e obrigando o condutor a assistir à criançada desembrulhar todas elas; 2) Um aluno do colegial jogou uma bomba no vaso sanitário, explodindo o cano do esgoto e fechando a escola por uma semana; 3) No dia do meu aniversário de dezesseis anos uma família, que todos comentam ser de vampiros, se mudou para a Mansão assombrada, no topo da Colina Benson!

Pra quem é fissurada em vampiros como eu, esse livro é incrível, pois além de tudo é a moda antiga, com vamps que dormem em caixões, viram morcegos e tudo. Raven é uma garota gótica que tem somente uma amiga, desde pequena seu sonho é se torna vampira e quando uma misteriosa família se muda para a pequena cidade, vê aí uma chance de tornar seu sonho realidade. Numa cidade onde a conformidade impera, um casal alternativo, tenebroso e divertido pode surgir!


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS